Artigos do Autor

1 resultado(s) para: Larissa Regina Martins de Brito

Consciência fonológica e fatores associados em crianças no início da alfabetização

Rita de Cássia Duarte Leite; Larissa Regina Martins de Brito; Vanessa de Oliveira Martins-Reis; Ângela Maria Vieira Pinheiro

Rev. Psicopedagogia 2018;35(108):306-317 - Artigo Original

Resumo PDF Português

OBJETIVO: Comparar o desempenho entre consciência fonológica, inteligência (raciocínio analógico), vocabulário e aquisição dos fonemas.
MÉTODO: Uma amostra de 273 crianças (média de idade= 6 anos e 2 meses) de nove escolas estaduais de Belo Horizonte foi submetida a medidas de consciência fonológica, de inteligência, de vocabulário e de aquisição dos fonemas e foi dividida em dois grupos de acordo com seu desempenho nessas medidas, sendo dentro do esperado e não esperado para o desenvolvimento infantil.
RESULTADOS: Quando a inteligência foi tomada como referência, as crianças de nível médio a superior em comparação às de nível abaixo da média e muito abaixo da média (percentil igual ou inferior a cinco) obtiveram melhor desempenho nas tarefas de julgamento de rimas e de nível silábico (subtração e inversão), mas apenas em uma das tarefas de consciência fonêmica (inversão). Igualmente, o contraste entre desenvolvimento acima do esperado em vocabulário receptivo e desempenho abaixo do esperado mostrou diferenças entre grupos a favor do primeiro nas tarefas de julgamento de rimas e de nível silábico. Já no nível fonêmico essa diferença ocorreu na tarefa de subtração e no escore total das tarefas de consciência fonêmica. Porém, quando a aquisição dos fonemas foi tomada como referência, o contraste entre desenvolvimento típico e atípico mostrou que as crianças com desenvolvimento típico, com exceção em julgamento de rimas, se distinguiram dos seus pares. Além de apresentarem desempenho superior nas tarefas de consciência silábica, obtiveram desempenho igualmente superior em todas as tarefas de nível fonêmico (exceto na de segmentação).
CONCLUSÃO: Constatou-se que no desenvolvimento da CF no nível fonêmico a influência do vocabulário e, principalmente, da aquisição de fonemas foi maior do que a influência da inteligência. Isso demonstra a importância do desenvolvimento adequado da linguagem oral no início do processo de alfabetização.