Artigos do Autor

2 resultado(s) para: Darlene Godoy de Oliveira

Análise da produção escrita de crianças com dislexia do desenvolvimento submetidas a intervenção fônica computadorizada

Darlene Godoy de Oliveira; Karen Kaufmann Sacchetto; Karen Ueki; Patrícia Botelho da Silva; Elizeu Coutinho de Macedo

Rev. Psicopedagogia 2011;28(87):246-255 - Artigo Original

Resumo PDF Português

INTRODUÇÃO: Déficits de escrita são comuns em crianças disléxicas, especialmente nos domínios de codificação ortográfica e fonológica. Procedimentos de avaliação psicopedagógica devem considerar a semiologia de erros de escrita, para promover o desenvolvimento eficaz destas habilidades. Programas interventivos com foco no processamento fonológico contribuem para melhora nas habilidades de linguagem escrita de disléxicos.
OBJETIVO: Este estudo objetivou verificar mudanças no padrão de escrita de disléxicos submetidos à intervenção com o software Alfabetização Fônica Computadorizada, por meio da análise dos tipos de erros ortográficos.
MÉTODO: Vinte crianças, com idade média de 11,7 anos, com diagnóstico de dislexia foram avaliadas em tarefas de leitura e escrita e divididas em dois grupos pareadas por idade, sexo e escolaridade. O GI (n=10) foi submetido à intervenção em 16 sessões semanais. O GII não recebeu tratamento. Todos os sujeitos foram novamente avaliados após a intervenção.
RESULTADOS: Análises da primeira avaliação indicaram que os grupos tinham o mesmo nível de escrita. Na segunda avaliação, houve aumento significativo da velocidade de escrita no GI. Não houve diferenças significativas para aumento do número de acertos e para diminuição de erros de escrita conforme as categorias analisadas, apesar de haver decréscimo na média de erros por palavra e nas categorias de correspondência biunívoca, omissão de segmento, correspondência regular contextual, correspondência irregular independente de regras e supercorreção. Estes resultados são discutidos considerando o modelo de intervenção psicopedagógico, o número de sessões e as habilidades treinadas.
CONCLUSÃO: A utilização do software Alfabetização Fônica Computadorizada pode auxiliar no desenvolvimento da escrita em crianças disléxicas em conjunto ao treinamento de habilidades ortográficas.

Intervenção multissensorial e fônica nas dificuldades de leitura e escrita: Um Estudo de Caso

Priscila Reis Leal; Tatiana Pontrelli Mecca; Patrícia Botelho da Silva; Darlene Godoy de Oliveira; Elizeu Coutinho de Macedo

Rev. Psicopedagogia 2017;34(105):342-353 - Relato de Experiência

Resumo PDF Português

O estudo teve como objetivo avaliar o efeito de intervenção multissensorial e fônica no desenvolvimento de habilidade de leitura e escrita. O estudo foi conduzido com uma criança de 10 anos, sexo masculino, estudante do 3º do Ensino Fundamental I, proveniente de uma escola particular da cidade de São Paulo, com queixa de dificuldades em leitura e escrita. Foram realizadas avaliações pré e pós à intervenção com os seguintes instrumentos: Escala de Inteligência Wechsler para Crianças (WISC-III); Prova de Consciência Fonológica por Produção Oral; Bateria de Avaliação de Leitura e Escrita (BALE); Teste de Desempenho Escolar; Leitura de Texto; Teste de Repetição de Palavras e Pseudopalavras; Redação Temática. As atividades foram desenvolvidas a partir de uma revisão da literatura para elaborar uma proposta de intervenção baseada em evidências científicas. Foram realizadas 20 sessões de intervenção focadas em estratégias fônicas e multissensoriais, durante período de três meses. Os resultados obtidos a partir da comparação de desempenho pré e pós indicaram que houve melhoras nas habilidades de consciência fonológica, compreensão verbal, acurácia de leitura e escrita de palavras após o período de intervenção. Espera-se que este trabalho possa contribuir para a atuação psicopedagógica clínica e educacional, uma vez que elaborar programas de intervenções baseados em evidências pode fundamentar uma prática mais consistente que permita avaliar e identificar melhoras nas habilidades após um curto período de tempo.